terça-feira, 7 de dezembro de 2010

RODOPIAR SOBRE A ESSÊNCIA


RODOPIAR
Termina num círculo
Que nos pode entontecer
E para fugir ao ridículo
É melhor retroceder.
SOBRE
Antecedentes esquecidos
Não é preciso parar
Bastam serem mexidos
Para pode continuar.
A
Força que nos fará crescer
Não poderá estar cansada
Porque morrerá ao nascer
Se não for alimentada.
ESSÊNCIA
Que quando é esquecida
É esvaziado o conteúdo
A vida perde o sentido
E empurra-nos para o fundo
Mas há que recuperar.
Tentar parar em pleno
Para poder descansar.
Dominado pelo cansaço
Prostrar-se perante ele
E esperar
Que nasçam novas forças.
Enquanto esperas
Deixa-te levar
Envolver por toda a vida e magia
E sem receios acreditar
Que renasçam
As forças que crescer te farão.
Não lutes quando já não tens energia
Porque tudo morrerá ao nascer
Desfeito em pedaços
Em tiras.
E serão tantas
Que jamais conseguirás entender.
Por vezes é necessário deixar tudo
Para de novo tudo começar.
Será um interregno maior ou menor
Mas que irá fortalecer
Para depois de tudo deixar
De novo tudo renascer.
E no rodopio da vida
Esquece-se o que a leva à falência
Agarramo-nos ao que nos atormenta
Esquecendo a essência.

Dina Ventura - In. CRESCI COM A POESIA

Sem comentários: